Política PF indicia Bolsonaro

PF indicia Bolsonaro por adulteração no cartão de vacinação da Covid

Além do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o tenente-coronel Mauro Cid e o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) foram indiciados pela PF

Por Redação

19/03/2024 às 10:16:39 - Atualizado h√°
Foto: Divulgação

A Pol√≠cia Federal (PF) indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema p√ļblico no inquérito que investiga a adulteração da carteira de vacinação contra Covid-19.

Esse indiciamento significa que o processo ser√° analisado pelo Ministério P√ļblico Federal (MPF), respons√°vel por decidir se apresenta a den√ļncia à Justiça ou se arquiva o caso. A informação é do G1.

Além de Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente, e o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) estão na lista de indiciados pela PF.

Em relação aos crimes, a corporação acusa Mauro Cid de uso indevido de documento falso.

Defesa de Bolsonaro reclama de "vazamentos"

Por meio do X (antigo Twitter), Fabio Wajngarten, advogado do ex-presidente, reclamou que os "vazamentos continuam aos montes, ou melhor, aos litros". Constantemente, ele alega que a PF vaza propositalmente informações sobre investigações que circundam Bolsonaro.

"É lament√°vel quando a autoridade usa a imprensa para comunicar ato formal que logicamente deveria ter revestimento técnico e procedimental ao invés de midi√°tico e parcial", escreveu Wajngarten.

Fonte: Metrópoles

Comunicar erro
Campos Informa

© 2024 Campos Informa - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Campos Informa