Educação Aprendizagem inclusiva

Pais e alunos aprendem Libras e Braille juntos na Escola de Aprendizagem Inclusiva

As aulas de Braille e Libras são duas propostas que merecem destaque

Por Redação

03/11/2022 às 10:28:23 - Atualizado h√°
A Escola de Aprendizagem Inclusiva, que funciona na Cidade da Criança Zilda Arns, j√° nasceu diferente e com uma proposta inovadora. Diversas atividades estão sendo realizadas no local para crianças típicas, atípicas, profissionais do ensino e pais de alunos. As aulas de Braille e Libras são duas propostas que merecem destaque, j√° que são ofertadas não apenas aos alunos com necessidades educacionais especiais. Os pais desses estudantes participam das aulas e aprendem juntamente com seus filhos, garantindo um melhor resultado no processo de ensino-aprendizagem, mais confiança e segurança para os alunos e garantindo um apoio maior para os familiares.

Sistema Braille é um código formado por sinais em relevo que possibilitam a leitura e escrita das pessoas com defici√™ncia visual, parcial ou total. Raul Ferrarez leciona braille, soroban e dosvox na rede municipal de ensino e est√° auxiliando os estudantes na Escola de Aprendizagem Inclusiva (EAI) e seus familiares. Ele acredita que essa modalidade na Cidade da Criança vai mudar a realidade das crianças das escolas municipais.

"Atendo a rede desde 2013, mas essa Escola na Cidade da Criança é algo novo e diferente. Trabalhei com criança cega no Pequeno Jornaleiro, onde também atendi autistas, pessoas com paralisia cerebral e esse é mais um desafio da vida. No diploma da gente, não diz que somos professor de a, b ou c. Somos simplesmente professor e temos que atender bem a todos. A gente tem que se adequar à realidade do aluno e não o aluno à nossa realidade. Tudo que é novo para o aluno provoca curiosidade e, consequentemente, interesse. Tenho certeza que o resultado para a família também ser√° muito bom", afirmou o servidor.

J√° libras é a Língua Brasileira de Sinais, um conjunto de formas gestuais utilizado por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes. O método est√° sendo ensinado pela professora Valéria Martins na EAI, que aplica os ensinamentos na pr√°tica de forma pedagógica e did√°tica, não apenas de forma tradicional, mas com objetos concretos, os animais gigantes da Cidade da Criança, jogos pedagógicos, entre outros métodos.

"Muitas vezes, os pais não t√™m condição de ensinar para seus filhos, porque nem eles sabem libras. Por isso, essa decisão da Secretaria de Educação de ensinar aos pais e aos filhos juntos é muito benéfica. É a garantia de que o resultado vai ser um sucesso, pois em casa essas crianças terão com quem treinar e os pais serão seus incentivadores. A primeira língua deles é libras e ter quem ensine para eles, mesmo antes do portugu√™s, é maravilhoso. Isso vai mudar a realidade deles", comentou Valéria, afirmando que também passa atividade para casa a fim de quem eles revejam os conteúdos no final de semana.

Mariah Sardinha é mãe de Davi e falou sobre a importância do serviço. "Est√° sendo muito bom porque não só ele est√° aprendendo, mas eu também estou aprendendo a lidar com ele, a entender e conversar melhor. Essa Escola est√° sendo ótima para ajudar as crianças que t√™m defici√™ncia auditiva", disse a mãe.


Comunicar erro
Campos Informa

© 2024 Campos Informa - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Campos Informa