Região Educação

Fórum Regional de Educação reúne mais de 200 profissionais em Macaé para discutir políticas inclusivas

Encontro reuniu representantes de Maca√©, Campos dos Goytacazes, Rio das Ostras, Armação dos B√ļzios, Cambuci, Carapebus, Miracema, Quissamã e Casimiro de Abreu.

Por Redação

29/08/2023 às 19:34:42 - Atualizado h√°

O II Fórum Regional de Educação re√ļne, na cidade de Macaé, no Norte Fluminense, 250 profissionais de diferentes munic√≠pios do Rio de Janeiro para discutir pol√≠ticas para uma educação inclusiva e plural.

O evento, realizado na Câmara Municipal, começou na segunda-feira (28) e termina nesta terça-feira (29) reunindo representantes de Macaé, Campos dos Goytacazes, Rio das Ostras, Armação dos B√ļzios, Cambuci, Carapebus, Miracema, Quissamã e Casimiro de Abreu.

Ao longo do Fórum, os participantes acompanharam diversas palestras dentro da tem√°tica da educação inclusiva e puderam trocar experi√™ncias nas √°reas de inclusão das pessoas com defici√™ncia e tecnologia.

O diretor de Pol√≠ticas de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva do Ministério da Educação (SECADI/MEC), Décio Guimarães, abriu o evento com a palestra "Pol√≠ticas e pr√°ticas educacionais na perspectiva inclusiva: entre a luta e o direito".

Ele destacou que, a partir do encontro, cada município irá elaborar um plano municipal para seguir as diretrizes do governo federal.

"O Fórum assegura a todos um momento de escuta, planejamento e trocas coletivas, proporcionando a construção de pol√≠ticas p√ļblicas mais próximas do acerto. Nesse contexto, o MEC convida a todos a fortalecer a pol√≠tica nacional de educação especial que, este ano, completa 15 anos", frisou.

O evento em Macaé foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação e recebeu o tema "Educação Plural".

"Em um per√≠odo pós-pandemia não somos mais os mesmos. Portanto, o momento é de aprender e, com isso, incluir, escolarizar e pensar no outro", disse Leandra Lopes, secret√°ria Municipal de Educação. Leandra explicou ainda que o objetivo é avançar no respeito às diferenças.

O presidente da Câmara Municipal, Nilton César Pereira Moreira, reforçou a necessidade de debater as pol√≠ticas p√ļblicas da educação especial.

"É fundamental conscientizar a população de Macaé e região. A cada 30 crianças que nascem, uma é autista. O Legislativo j√° trabalha em uma lei espec√≠fica para a educação especial", disse.

O evento contou ainda com palestras sobre "Tecnologia para uma Educação Plural", com a professora Luemy Avila, da rede municipal de ensino; e "Diversidade e Ambiente", ministrada pelo professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Celso S√°nchez.



Comunicar erro
Campos Informa

© 2024 Campos Informa - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Campos Informa